23º Festival de Cinema de Vitória recebe inscrições de 706 filmes, 50 a mais que em 2015

15 de agosto de 2016


Larissa Delbone, produtora executiva do Festival de Vitória



Encerradas na última semana, as inscrições para o 23º Festival de Cinema de Vitória superaram o número da edição anterior: foram inscritos 706 filmes, cerca de 50 obras a mais que em 2015. 

Participam da seleção produções de todas as regiões do país, vindas de 23 estados e do Distrito Federal. São filmes nos formatos de curta e longa-metragem nos diversos gêneros ficção, documentário, animação, experimental, entre outrtos. O Festival será realizado de 14 a 20 de novembro deste ano, em Vitória/ES, e, além das mostras competitivas, contará com lançamentos, debates e homenagens.

Pela distribuição regional das inscrições é possível perceber o quanto a produção audiovisual brasileira está concentrada no eixo Rio Janeiro-São Paulo: a maior parte dos filmes veio da região Sudeste, o que corresponde a cerca de 71% das obras inscritas; em segundo lugar está a região Nordeste com cerca de 19% das inscrições, seguida pelas regiões Sul, Centro-Oeste e Norte. Do Espírito Santo, foram inscritas 46 produções.

Cinema de Mulheres
Este ano o 23º Festival de Cinema de Vitória dará ênfase à participação feminina. Para visibilizar essa questão, o Festival contará com a Mostra Mulheres no Cinema, sessão com filmes dirigidos exclusivamente por mulheres, e que busca valorizar a atuação feminina por detrás das câmeras, enquanto realizadoras.

 “É somente através do protagonismo das mulheres que os estereótipos machistas podem ser desconstruídos no cinema, ou seja, a partir do olhar das próprias mulheres”, explica Larissa Delbone, produtora executiva do Festival de Vitória.

A organização do Festival também está levantando dados de suas últimas edições para montar um retrato da participação feminina entre os filmes inscritos e exibidos em sua programação. Para a presente edição, 20% das produções inscritas são dirigidas por mulheres. O número representa bem a realidade nacional um vez que, de acordo com a Agência Nacional do Cinema (Ancine), nos últimos 20 anos, apenas 19% dos filmes foram dirigidos exclusivamente por mulheres.

Programação diversa
Maior evento de audiovisual do Espírito Santo, o Festival de Cinema de Vitória insere o público capixaba no circuito nacional de mostras de cinema. Para a sua 23ª edição, foram aceitos filmes finalizados em 2015 ou 2016. Afirmando-se como uma janela aberta às mais diversas e recentes propostas de cinema desenvolvidas nacionalmente, o Festival contará com diferentes mostras: 6ª Mostra Competitiva Nacional de Longas, 20ª Mostra Competitiva Nacional de Curtas, a 5ª Mostra Corsária, a 5ª Mostra Foco Capixaba, a 6ª Mostra Quatro Estações, a 3ª Mostra de Filmes de Animação e o 17º Festivalzino de Cinema.

Ao todo, na cerimônia de encerramento do Festival, serão distribuídos cerca de 30 troféus, além das possíveis menções honrosas. A escolha dos filmes premiados será feita por júris formados por profissionais com reconhecida inserção e carreira na área audiovisual. Este ano a curadoria do Festival será feita professor e cineasta Erly Vieira Jr., a roteirista e diretora Ivi Roberg, o diretor Juliano Salgado, o jornalista e crítico de cinema Rodrigo Fonseca e a programadora e produtora Rosimeri de Assis Barborsa. A direção geral do Festival de Vitória é de Lucia Caus.

O Festival de Cinema de Vitória é um importante espaço para o intercâmbio de profissionais do audiovisual e para a formação de plateia para o cinema produzido no nosso país, além de contribuir com o desenvolvimento da linguagem e técnica de produção de curtas e de longas-metragens.

Realização: Galpão Produções e do Instituto Brasil de Cultura e Arte (IBCA)23º Festival Cinema de Vitória será realizado entre os dias 14 e 20 de novembro, em Vitória/ES
Patrocínio: Ministério da Cultura através da Lei de Incentivo à Cultura, da Petrobras, do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e da Rede Gazeta. 
Parceria: Governo do Espírito Santo e apoio cultural do Instituto Sincades.

Com Danielle Ewald

COMENTAR

COPYRIGHT© 2007-2014 Don Oleari Ponto Com - Todos os direitos reservados - aldeia verbal produções e jornalismo - CNPJ: 15.265.070/0001-49