Começa contagem regressiva para desligamento do sinal analógico na Grande Vitória

25 de outubro de 2016

Daqui a um ano, telespectador só assistirá TV com sinal digital, diz Celso Guerra, diretor executivo TV Gazeta e G1/ES


Texto Bruna Borjaille

A partir desta terça-feira (25), começa a contagem regressiva para o desligamento do sinal analógico de televisão no Espírito Santo. Daqui a um ano, sete municípios do Estado receberão apenas o sinal digital. 

São eles: Vitoria, Vila Velha, Cariacica, Fundão, Guarapari, Serra e Viana. A medida é uma determinação do Ministério das Comunicações do Governo Federal e já foi efetivada em outros Estados brasileiros.

Para alertar as pessoas que ainda fazem uso do sinal analógico, a TV Gazeta coloca no ar uma campanha, em cumprimento a uma determinação da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), sobre a mudança no formato de exibição na tela. 

- “O objetivo da campanha é alertar que aquela pessoa recebe o sinal analógico e precisará tomar as medidas para fazer conversão para continuar assistindo a programação. Durante um ano, ele receberá informações importantes para fazer a conversão”, explica o diretor de Tecnologia da Rede Gazeta, Paulo Canno.

O telespectador verá duas tarjas pretas, chamadas de letterbox, na parte superior e inferior da tela, que mostrarão informações da contagem regressiva para o desligamento da transmissão analógica em sua cidade.

- “Cerca de 60% da população ainda recebem o sinal analógico. Com a mudança, os telespectadores passarão a perceber maior qualidade na entrega da programação, que chegará sem chuviscos ou ruídos. Isso pode aumentar a audiência, proporcionar mais opção de entretenimento gratuito, além de maior eficiência da televisão no mundo digital”, destacou o diretor executivo da TV Gazeta e G1/ES, Celso Guerra.

O investimento para fazer uso do sinal digital fica em torno de R$ 200, na compra da antena e do conversor digital. Em geral a antena externa é a melhor opção para captação, porque apresenta melhor recepção do sinal. As famílias inscritas em programas sociais do governo, como o Bolsa Família, serão contempladas com um kit com antena e conversor, que poderá ser retirado gratuitamente em um prazo de 6 meses antes da data de desligamento do sinal analógico.

Os beneficiários serão notificados via correspondência entregue em endereço residencial ou por código SMS pelo telefone celular. As mensagens trazem orientações sobre como proceder com a entrega do kit. A iniciativa visa a garantir que os televisores antigos não fiquem sem receber a programação. O desligamento do sinal analógico nos municípios, além da Grande Vitória, ocorrerá a partir de 2019 caso não haja alteração no cronograma. 

Com Ismael Inoch

COMENTAR

COPYRIGHT© 2007-2014 Don Oleari Ponto Com - Todos os direitos reservados - aldeia verbal produções e jornalismo - CNPJ: 15.265.070/0001-49