Alencar Garcia de Freitas: Quando Vitória era uma cidade presépio...

24 de novembro de 2016

Há 60 anos, quando desembarquei na Estação Pedro Nolasco, em Argolas, vindo da minha querida Aimorés, como José Carlos Corrêa, olhando de lá para cá, com a cidade refletida nas águas da Baía de Vitória, com uma iluminação mortífera, pobre, como a antiga Companhia Central Brasileira de Força Elétrica oferecia, minha primeira impressão é que estava vendo pela primeira vez uma cidade presépio em tamanho maior do que aqueles que eram – e ainda agora – são montados e exibidos em dezembro, para comemorar, em 25 de dezembro , o aniversário de Jesus, que, segundo estudiosos da Bíblia , pesquisadores e meteorologistas israelenses, nasceu, na verdade, em 29 de setembro, do ano zero, e não nessa data em que é comemorado.

Vitória foi, durante muito tempo, considerada uma cidade presépio; agora, nem tanto, porque aquele bucolismo de então acabou substituído pela tremenda agitação cosmopolita de agora, com veículos motorizados, buzinaços e poluição de toda a natureza.

Naquele tempo, a cidade era quase que só o Parque Moscoso, Praça Oito, Praça Costa Pereira, mais tarde também a Praça Getúlio Vargas. Tudo se resolvia nesses locais: decoração e música de Natal, no fim de ano e era ali também que se faziam as compras natalinas.

Vitória começou a deixar de ser a cidade presépio quando os bondes elétricos da velha Companhia Central Brasileira de Força Elétrica sairam de circulação; eles davam um ar de bucolismo, sempre com os passageiros pendurados, principalmente a estudantada, que enchia de alegria as avenidas, praças e ruas da cidade...


Era gostoso ver Vitória como a cidade presépio, tão exaltada em versos e trovas pelos nativos; naquele tempo ainda se faziam serenatas debaixo das janelas em que se debruçavam as donzelas. Ah! cidade presépio que nunca mais voltou a ser como antes!

Alencar Garcia de Freitas 
é jornalista

COMENTAR

COPYRIGHT© 2007-2014 Don Oleari Ponto Com - Todos os direitos reservados - aldeia verbal produções e jornalismo - CNPJ: 15.265.070/0001-49