Alencar Garcia de Freitas: Trump e a volta triunfal dos brancos à terra de Tio Sam

19 de novembro de 2016

Embora não seja do meu feitio escrever sobre políticos e políticas de outros países, notadamente sobre os norte-americanos, a primeira vez que fiz isso foi no meu livro O Palácio e o Gato, lançado em dezembro de 2013, em que fiz referência à eleição de Barack Obama.

Resolvi fazer agora uma segunda exceção, focando a eleição de Ronald Trump para a presidência daquela grande nação, surpreendendo políticos, prognósticos e pesquisas que indicavam a eleição de Hilly Clinton. 

A eleição de Trump mostra que os brancos voltarão a comandar aquele país, pelo menos imaginariamente.

O que se discute agora entre os norte-americanos e mesmo noutros países é quais foram os eleitores de Trump que, apesar do apoio de Obama, presidente com 55% de aprovação e do apoio de Bill Clinton, preferiram o ricaço no comando daquele país. 

Segundo os melhores analistas políticos, entre os grandes eleitores dele estariam os rancheiros, os latinos que se naturalizaram e os desempregados daquele país, tendo em vista que trabalhadores de outros países, de custo mais baixo, estariam ocupando postos de trabalho que deveriam estar sendo ocupados pelos próprios trabalhadores da terra de Tio Sam e não ocupados por estrangeiros.

Horas depois da suposta eleição inesperada do milionário, o dólar disparou e as bolsas de valores do mundo despencaram, deixando a economia mundial em alerta. Mesmo não sendo entendido em política internacional, tenho a impressão que dentro de mais alguns dias esses solavancos estarão no passado, haja vista o resultado do primeiro encontro entre Obama e Trump, na Casa Branca, deixando de lado, pelo menos pelas aparências, o ambiente antes tão belicoso entre os dois, fazendo lembrar o dito segundo o qual até as abóboras se ajeitam quando estão sendo transportadas de um lado para o outro.

O que está acontecendo nos Estados Unidos, depois da eleição de Trump, com tremores mundo afora, é o que acontece em toda a parte do globo terrestre. Trazendo isso para o nosso país, para o nosso Estado e para o nosso Município, principalmente quando é a oposição que está assumindo, como se fosse uma catástrofe. 


Besteira! Daqui a pouco tudo estará normalizado na vida dos cidadãos, aqui, ali e acolá, com as coisas nos seus devidos lugares.



Alencar Garcia de Freitas 
é jornalista

COMENTAR

COPYRIGHT© 2007-2014 Don Oleari Ponto Com - Todos os direitos reservados - aldeia verbal produções e jornalismo - CNPJ: 15.265.070/0001-49