Alencar Garcia de Freitas: Quem tem “amigos” como Lula, não precisa de inimigos

5 de janeiro de 2017




Quem me lê deve notar que o assunto sobre o qual mais escrevo é sobre partidos políticos e políticos e dentre eles Lula tem sempre merecido maior atenção da minha parte, admirador que sou de sua caminhada desde os tempos do Sindicato dos Metalúrgicos, presidido por ele, e da sua forte influência junto aos trabalhadores do ABC paulista e visibilidade alcançada em todo o país. 

Insistiu tanto que conseguiu virar presidente da República, reeleger-se, fazendo sua sucessora. História que todos os brasileiros conhecem de cor e salteado. Alguns “amigos” de que se cercou representam a maior desgraça que poderia lhe acontecer. 

Talvez não tenha aprendido a hora e a tempo, que gestão pública não pode ser tratada como rifa entre amigos, ainda mais quando se tem “amigos” como José Dirceu, Antonio Palocci, Paulo Bernardo e pelo menos mais uns dez desse tipo...


Acredito até que Lula era um cara bem-intencionado, apesar dos mais velhos dizerem que de bem-intencionados o inferno está cheio.

A bem da verdade, gostem ou não seus adversários, na próxima eleição para presidente da República, se até lá o barbudo não for em cana, vai dar muito trabalho aos outros candidatos, porque o cara além de ser “um iluminado” tem cheiro de povo; pode não ganhar a eleição, mas vai botar sal na moleira de muita gente, ainda mais com uns caras que não sabem falar a linguagem da raia miúda, como ele.

Pena que alguns “amigos” do homem, amigos da onça, tenham causado tanto estrago na biografia dele!

Perdi a conta das vezes que escrevi o por que de me empolgar tanto quando Lula surgiu como candidato a presidente da República! Depois de tanto medalhão sendo presidente da República, dentre tantos militares e civis, seria – como foi – a oportunidade de um operário metalúrgico e por cima nordestino interiorano se tornar o comandante supremo do Brasil. 

Isso, por si só, faz dele uma fera política como poucos.






Alencar Garcia de Freitas 
é jornalista



COMENTAR

COPYRIGHT© 2007-2014 Don Oleari Ponto Com - Todos os direitos reservados - aldeia verbal produções e jornalismo - CNPJ: 15.265.070/0001-49